Hulk fez o golo que empatou o encontro com o Shakhtar Donetsk pouco depois de ter falhado um penalti.

«O ser humano pode errar, só erra quem bate. Graças a Deus redimi-me com um golo, mas o mais importante foi a vitória», disse no final do encontro em declarações à Sport TV.

Também Kléber, que se estreou na prova maior do futebol europeu, preferiu destacar a vitória do que o seu golo, que deu o triunfo aos azuis e brancos.

«[O golo] foi muito importante para a equipa, foi um ponto positivo e garantiu a vitória. Individualmente foi bom, porque me deu confiança. Queria dar os parabéns ao James, que fez uma grande partida», disse o brasileiro que esta época se transferiu do Marítimo para a Invicta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.