O treinador Paulo Fonseca considerou esta quinta-feira que o sorteio da Liga dos Campeões de futebol, que ditou como adversários dos “dragões” no grupo G o Atlético Madrid, o Zenit e o Áustria Viena, foi «favorável ao FC Porto».

«É importante ter dois jogos seguidos em casa, à segunda e terceira jornada, bem como ter o primeiro jogo em Viena, frente ao Áustria», disse Paulo Fonseca, para quem a principal “arma” do FC Porto na Liga dos Campeões «vai ser a ambição».

Sabedor de que os adeptos do FC Porto «depositam grandes esperanças no percurso da equipa nesta edição da Liga dos Campeões», Paulo Fonseca quer «passar a primeira fase de grupos, independentemente dos adversários» que saíram em sorte.

Paulo Fonseca evoca mesmo a deslocação a Viena, no pontapé de saída portista na prova, como um «bom prenúncio», em função das «grandes recordações» que os adeptos portistas guardam dessa cidade, onde o FC Porto se sagrou campeão europeu em 1987.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.