O Sporting é a única equipa portuguesa que joga em casa na terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol, mas é a que tem a tarefa mais complicada, ao defrontar o Borussia Dortmund.

Sem o ‘capitão’ Adrien Silva, os ‘leões’ precisam de pontuar para continuarem na corrida aos ‘oitavos’, sendo que o cenário é idêntico para Benfica e FC Porto, que se deslocam aos redutos de Dinamo de Kiev e Club Brugge, respetivamente.

Após duas jornadas, e seis jogos, as equipas lusas estão todas fora dos lugares de apuramento, sendo que só os ‘leões’ registaram uma vitória e frente a um conjunto muito acessível, os polacos do Legia Varsóvia.

No Grupo F, e face ao triunfo caseiro por 2-0 face ao Legia, os ‘leões’ colocaram-se a um ponto do campeão europeu Real Madrid, com quem perderam fora e de forma dramática por 2-1, e dos alemães, que empataram em casa com os espanhóis (2-2), depois da goleada na Polónia por 6-0.

Uma nova vitória coloca, assim, os ‘leões’ no segundo posto do agrupamento, tendo em conta a mais do que certa vitória dos ‘merengues’ perante os polacos, mas a tarefa afigura-se muito complicada, face aos vice-campeões da ‘Bundesliga’.

Mesmo sem Reus, novamente lesionado, os germânicos têm um conjunto muito poderoso, nomeadamente em termos ofensivos, com Aubameyang, Götze, Dembelé ou Kagawa, mais o português Raphaël Guerreiro, que atua habitualmente no meio campo.

Campeões europeus em 1996/97 e ‘vice’ em 2012/13, os agora comandados de Thomas Tuchel, sucessor de Jürgen Klopp, não estão, ainda assim, numa boa fase, somando três jogos sem vencer, o último na receção ao Hertha (1-1), que custou a queda para o quarto posto da ‘Bundesliga’.

Ainda na terça-feira, o FC Porto joga na Bélgica à procura da primeira vitória no G, que falhou, depois de estar a vencer, na receção aos dinamarqueses do FC Copenhaga (1-1) e também no reduto dos campeõe ingleses do Leicester (0-1), por culpa de mais um golo do ex-‘leão’ Islam Slimani.

Com André Silva em ‘grande’, depois de ter marcado quatro golos em dois jogos pela seleção ‘AA’, incluindo um ‘hat-trick’ nas Ilhas Faroé, os ‘dragões’ são favoritos ao triunfo frente a um conjunto que foi goleado na Dinamarca (0-4), depois de cair por 3-0 na receção aos ingleses.

O conjunto do ex-guarda-redes do Benfica Michel Preud’homme parece acessível, mas, antes o FC Copenhaga também não se afigurava como um adversário complicado e conquistou um ponto no Dragão.

Em caso de triunfo, o FC Porto fugirá aos belgas, deixando, praticamente, selado que na pior das hipóteses cairá na Liga Europa, e poderá igualar pontualmente os dinamarqueses, que se deslocam a Inglaterra.

No fim de semana, os ‘dragões’ ultrapassaram facilmente o ‘terciário’ Gafanha (3-0 em Aveiro) na Taça de Portugal, enquanto os belgas sofreram o quarto desaire em 10 jogos na Pro League, no reduto do Charleroi (1-0).

Na quarta-feira, é a vez de entrar em ação o Benfica, que começou mal, ao empatar na receção ao Besiktas (1-1), por culpa de um livre direto do ‘seu’ Talisca nos descontos, e prosseguiu ainda pior, ao cair em Nápoles por 4-2, num embate em que esteve a perder por 4-0 e à beira de sofrer o quinto.

O ‘onze’ de Rui Vitória, provavelmente já com alguns ‘reforços de outubro’, tem uma deslocação complicada, ao reduto do Dinamo de Kiev, que perdeu em casa com o Nápoles (1-2), após sair na frente, e empatou a um golo na Turquia.

Em caso de derrota, os ‘encarnados’ ficam em situação delicada, mesmo que não irremediável, pois, ao fim de dois jogos, só têm um ponto, mas estão em igualdade com os ucranianos e apenas a um ponto dos turcos.

Numa ronda em que o Nápoles volta a jogar em casa, com o Besiktas, trazer nem que fosse um ponto de Kiev já seria positivo para os tricampeões lusos, que na ronda seguinte recebem os ucranianos, sobre se os italianos vencerem.

O Benfica ganhou ‘in-extremis’ no fim de semana, batendo fora o 1.º Dezembro por 2-1, graças a um golo de Luisão, aos 90+6 minutos, na Taça de Portugal, enquanto o Dinamo de Kiev empatou 1-1 no reduto do Chernomorets, mantendo-se a seis pontos do Shakhtar Donetsk, no campeonato ucraniano.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.