O Atlético de Madrid revelou que o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) suspendeu "cautelarmente o encerramento parcial do Wanda Metropolitano" no encontro de hoje com o Manchester City, a contar para a Liga dos Campeões de futebol.

O clube madrileno pediu uma suspensão do castigo, hoje concedida, depois de o Comité de apelação da UEFA ter decidido encerrar um setor do estádio dos 'colchoneros' com pelo menos 5.000 lugares, devido ao "comportamento discriminatório" de alguns dos seus adeptos ultras no encontro da primeira mão dos quartos de final da prova, frente aos 'citizens', em Manchester.

Com a decisão de suspensão da medida por parte do TAS, os madrilenos dão conta que "todos os sócios e adeptos com bilhete ou outro modo de acesso à partida poderão aceder assim ao estádio".

O Atlético de Madrid recebe hoje o Manchester City, em jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, numa eliminatória em que a formação inglesa se encontra em vantagem, depois da vitória (1-0) no encontro da primeira mão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.