“Vencer o Barcelona não é fácil, marcar contra eles não é fácil, defender contra eles também não, mas nós conseguimos tudo isto, vencemos com mérito. Mas ainda estamos longe da final, falta ainda o jogo de Barcelona, frente a uma equipa de super qualidade e um clube enérgico: devemos ter atenção”, disse o treinador, após a partida.

Para além da análise à partida, José Mourinho revelou que os jogadores do Barcelona foram ter com o árbitro da partida, o português Olegário Benquerença, para discutir algumas das suas decisões tomadas durante o encontro.

“O que vi foi os jogadores do Barcelona chateados com os árbitros, e devo dizer que a memória deles é muito curta, porque não posso esquecer quando os meus jogadores do Chelsea choravam no ano passado com a arbitragem de Ovrebo, precisamente no jogo com o Barcelona”, lembrou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.