O embate entre FC Porto e os italianos do Inter Milão nos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol significará uma “eliminatória muito dura”, considerou hoje Vítor Baía, administrador da SAD e vice-presidente dos ‘dragões’.

“Será uma eliminatória de grande nível, contra uma equipa com grande qualidade, bons jogadores e uma atmosfera bastante agradável no seu estádio. Tudo é possível. Agora, acreditamos sempre nas nossas capacidades, dinâmicas da equipa e treinador. Somos positivos por natureza e acreditamos sempre que vamos passar, porque é mesmo esse o nosso ADN de vitória”, avaliou o dirigente, após o sorteio realizado em Nyon, na Suíça.

O campeão nacional FC Porto, vencedor do Grupo B, começa por defrontar o Inter Milão, segundo do C, no Giuseppe Meazza, em 14, 15, 21 ou 22 de fevereiro de 2023, com a segunda mão prevista para 07, 08, 14 ou 15 de março, no Estádio do Dragão, no Porto.

“Será extraordinário ver os dois estádios cheios e com uma atmosfera incrível. Acho que vão ser dois jogos de grande nível e qualidade, numa eliminatória muito dura. Vamos ver se somos contemplados com o nosso objetivo de passar aos quartos de final”, agregou.

Os ‘dragões’, que venceram a prova em 1986/87 e 2003/04, estão pela 13.ª ocasião nos ‘oitavos’, somando cinco passagens (2003/04, 2008/09, 2014/15, 2018/19 e 2020/21) e sete afastamentos (2004/05, 2006/07, 2007/08, 2009/10, 2012/13, 2016/17 e 2017/18).

“A nossa ambição de fazer o melhor possível continua intacta, mas tudo pode acontecer em jogos a eliminar. Acreditamos que podemos fazer algo muito interessante nesta Liga dos Campeões, porque somos ambiciosos, temos história e estamos habituados a estar nas lides desta grande prova. É acreditar e sentir que é possível”, completou Vítor Baía.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.