“É normal que haja a ansiedade. Fizemos de tudo para conseguir esta oportunidade e sabemos perfeitamente o que temos pela frente. Tudo iremos fazer para seguir em frente nesta eliminatória”, disse Domingos Paciência, esta terça-feira, no auditório do Estádio AXA, em Braga.

“Vontade, querer e acreditar são aos aspectos que mais têm sido trabalhados. Num jogo de futebol tudo é possível”, acrescentou.

Domingos Paciência abordou ainda o tema da “sorte” do sorteio: “Se calhar o Celtic torceu para que saísse o Braga e nós torcíamos para que não saísse o Celtic. Não era aquilo que desejávamos mas agora há um jogo para fazer e uma possibilidade que queremos agarrar. Sabemos que é importante para o nosso clube”.

O Sporting de Braga joga amanhã, quarta-feira, pela primeira vez, uma eliminatória para a Liga dos Campeões e Domingos sabe que um bom resultado é “ganhar”.

“Temos de fazer tudo para ser uma equipa forte. Nesta altura a equipa está mentalizada para ganhar o jogo. Uma atitude forte é o que quero da minha equipa”, sublinhou.

O técnico dos minhotos sabe que o Celtic, habituado a jogar em competições europeias, é uma “equipa forte, agressiva, com jogadores de selecção e é natural que seja uma equipa mais ambiciosa”.

“Eles [Celtic] estão acima do Braga, em termos de orçamentos, prestigio e condições. Mas dentro de campo logo se vê o que acontece”, disse.

Sporting de Braga defronta amanhã o Celtic de Glasgow, às 20 horas, no Estádio AXA, em jogo a contar para a terceira eliminatória da Liga dos Campões.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.