Para o treinador do Real Madrid não há dúvidas: Ronaldo tem uma fome insaciável de vencer todos os jogos e espera que isso aconteça este sábado, na final da Liga dos Campeões.

“O Cristiano é uma excelente pessoa porque se preocupa bastante com os outros. E, profissionalmente, é fantástico porque quer sempre mais. Vê-se, em cada sessão de treino, que ele quer sempre ganhar. E isso é uma das coisas mais importantes que ele dá à equipa: essa vontade de ganhar sempre. É um líder nato, especialmente em campo
Teria sido igualmente uma estrela se tivesse jogado comigo”, começou por dizer o treinador francês do Real Madrid, em conferência de imprensa de antevisão à final da Champions.

“No futebol há que dar sempre tudo. Perdi muitos jogos, por isso sei que é possível perder. O mesmo é verdade para a Juventus. Vamos tentar manter-nos fiéis ao nosso estilo de jogo, mas sabemos que vamos defrontar uma grande equipa. O que toda a gene que gosta de futebol deseja é assistir a uma grande final”, acrescentou.

Tal como disse o seu homólogo da Juventus, o clube espanhol trabalhou muito ao longo desta temporada para chegar à final de Cardiff.

“Trabalhámos muito ao longo de toda a temporada para vencermos a Liga espanhola e para chegarmos a esta final. Estamos bem preparados para este jogo e isso é o mais importante. No Real Madrid todos estão habituados à pressão. Somos sempre favoritos, mas na verdade numa final nunca há verdadeiramente um favorito. O favoritismo não está do nosso lado, nem do lado da Juventus. É 50-50. Estamos uma vez mais na final e, a partir daí, tudo é possível.”

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.