O responsável pelas relações externas do Sporting de Braga, Alan Osório, afirmou hoje que o Zorya Luhansk, da Ucrânia, era uma das equipas mais difíceis que os minhotos poderiam defrontar na terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.

Presente no sorteio decorrido em Nyon, na Suíça, o antigo 'capitão' bracarense - fez 347 jogos entre 2008/09 e 2016/17 - realçou que o Zorya, quarto classificado no último campeonato ucraniano, tem acumulado "experiência europeia" e é "uma equipa muito competitiva", cotando-se como um opositor mais difícil de bater do que outros adversários que poderiam ter sido sorteados.

"De entre os possíveis oponentes, creio que nos saiu um dos mais complicados, mas, independentemente do que ditasse o sorteio, o discurso do Sporting de Braga seria sempre o mesmo e passaria por assumir a presença na fase de grupos da Liga Europa como o primeiro grande objetivo da temporada", frisou, em declarações ao sítio oficial do Braga.

Além da formação do leste da Europa, o sorteio realizado hoje em Nyon poderia ter colocado no caminho dos 'arsenalistas', cabeças de série no grupo 2 do 'caminho principal', o Hapoel Haifa (Israel) ou o Hafnarfjordur (Islândia), o Vitorul (Roménia) ou o Vitesse (Holanda), o Shakhtyor Soligorsk (Bulgária) ou o Lech Poznan (Polónia) e o Nordsjaelland (Dinamarca) ou o AIK (Suécia).

O responsável 'arsenalista' sublinhou ainda que o grupo treinado por Abel Ferreira só quer "defender e reforçar o prestígio europeu" do clube - está pela quarta vez seguida na competição e pela 14.ª vez em 15 épocas nas provas europeias -, mas lembrou que o Zorya está mais adiantado na preparação da época, tendo iniciado o campeonato no domingo, com um triunfo sobre o Illichivets (2-1).

"Respeitaremos muito este adversário, reconhecendo que estará também numa fase mais adiantada da temporada quando o defrontarmos, mas, acima de tudo, teremos presente a missão de estarmos no 'play-off' de acesso à fase de grupos", disse.

O primeiro jogo da eliminatória vai ser disputado não em Luhansk, cidade que se encontra na autoproclamada República Popular de Luhansk, zona de conflito entre o governo ucraniano e separatistas pró-russos, desde 2014, mas em Zaporizhia, em 09 de agosto.

Os bracarenses vão receber o Zorya na segunda mão, uma semana depois, dia 16, e, caso ultrapassem a eliminatória, vão disputar o 'play-off' de acesso à fase de grupos em 23 e 30 de agosto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.