A UEFA congratulou-se hoje com a decisão de o Azerbaijão abdicar do registo do HIV e da hepatite nos pedidos de visto para a final da Liga Europa de futebol, marcada para Baku em 29 de maio.

Segundo um comunicado do organismo de cúpula do futebol europeu, a remoção desta confirmação foi feita “após um pedido da UEFA em favor dos adeptos que queiram viajar para assistir ao jogo”.

A UEFA afirma ter sentido “que a questão era de natureza discriminatória, não podendo impedir os adeptos de assistir à final da Liga Europa ou a jogos do Euro2020 no Azerbaijão”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.