Instado a abordar a partida com o PSV, Emanuel Ferro, adjunto do Sporting, reconhece que os leões terão pela frente uma partida de enorme exigência, mas que o objetivo passa por ganhar, sabendo que mesmo um resultado negativo não coloca em causa a qualificação.

Emanuel Ferro prefere não olhar para a partida da 6.ª jornada, preferindo que a equipa se foque no encontro frente aos holandeses.

"Estaremos mais capazes de ganhar o jogo se amanhã não pensarmos no segundo jogo da fase de grupos. Não há competição que seja ganha a pensar nos últimos jogos. Vamos pensar no jogo de amanhã. Será uma oportunidade grande, a gestão que for feita a seguir é consequência do que fizermos amanhã."

Sobre o facto de se tratar de uma final para o Sporting, o técnico dos leões sublinha que cada jogo é encarado com um enorme grau de exigência.

"Encaramos cada jogo com o máximo grau de exigência. É impensável entrarmos em qualquer jogo e pensarmos que não vamos tentar ganhar. Não há mais peso, menos peso. Sabemos que se ganharmos ficamos apurados, se não ganharmos não ficamos fora. Vamos entrar com o mesmo espírito que está patente nos nossos treinos."

Sobre a estratégia para anular o PSV, o técnico frisou o trabalho que tem sido desenvolvido na vertente defensiva, mas garante que é um Sporting dominador que se vai apresentar em campo.

"Desde que se iniciou o trabalho com esta equipa técnica, a sustentação de um trabalho defensivo coloca-nos mais próximos de ganhar. Temos conseguido isso, mas amanhã não será um jogo em que vamos procurar defender. A nossa ideia é que seja uma equipa dominadora, mas com bola. No entanto, há uma estratégia específica, adequada a um adversário que é bastante competitivo. Não mudando a nossa intenção. O que queremos é ser dominadores e marcar o maior número de golos."

Emanuel Ferro confirmou ainda que Luís Maximiano será o titular na baliza do Sporting dada a lesão de Renan. Já em relação a Coates, não confirma a disponibilidade do uruguaio.

"O Maxi será o guarda-redes, o Renan não está em condições. Em relação ao Coates só tomaremos uma decisão próximo do jogo."

Emanuel Ferro explicou ainda de que forma a equipa aproveitou a paragem competitiva.

"Há coisas que fazemos nestas paragens que não conseguimos fazer nos períodos de maior intensidade há outras coisas que não conseguimos fazer agora. olhamos para esses períodos para crescermos mesmo com essas condicionantes. O essencial é perceber os recursos que temos e para onde queremos ir para tirarmos o máximo partido dessa paragem para termos os jogadores o mais preparados possível."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.