O treinador adjunto do Sporting, Emanuel Ferro, enalteceu hoje a resposta dos ‘leões’ aos casos de covid-19 que surgiram no plantel, “mantendo as melhores condições” para preparar o encontro da terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.

“A resposta de toda a estrutura é de enaltecer, mantendo as melhores condições para que o essencial do nosso trabalho permitisse à equipa ter o melhor desempenho. Isso aconteceu e dá-nos as maiores garantias”, assegurou, em conferência de imprensa de antevisão à partida com os escoceses do Aberdeen, no estádio José Alvalade, em Lisboa.

Com nove jogadores infetados e com o treinador Rúben Amorim a ter igualmente contraído o novo coronavírus, o Sporting apresenta várias ‘baixas’ para o encontro, mas Emanuel Ferro realçou a ajuda tecnológica para que o técnico esteja “sempre presente”.

“Não tivemos presente fisicamente o líder da equipa técnica, algo que faz diferença, mas as novas tecnologias permitem minimizar o impacto disso. Ele esteve sempre presente no trabalho técnico da equipa e na organização à volta desse jogo, dentro desse condicionalismo. Tentámos preparar a equipa e, com o foco principal em competir, tenho a certeza de que estaremos bem preparados para o jogo de amanhã”, sublinhou.

A equipa lisboeta criou uma espécie de ‘bolha’ para impedir a transmissão do vírus por todos os jogadores e Emanuel Ferro admitiu que, “cumprindo todos os protocolos, as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS) e com a liderança do departamento médico”, o grupo de trabalho está “preparado e isolado em relação a essa problemática”.

O defesa central Luís Neto compareceu igualmente na sala de imprensa, onde corroborou os elogios à resposta do clube aos casos confirmados de infeção e reiterou a confiança de um grupo “fortalecido” em mostrar, no jogo de quinta-feira, que “tudo valeu a pena”.

“Não foi uma semana normal, não estava previsto este estágio. O grupo fechou-se, percebeu o compromisso, deixámos de lado o ‘eu’ e fortalecemos o ‘nós’. Estamos confiantes para o jogo e queremos demonstrar que isto tudo valeu a pena”, apontou, ressalvando o pedido do treinador em “não olhar para isto como uma desculpa”.

Sendo uma situação que era preferível “que não tivesse acontecido”, Luís Neto lembrou que “pode acontecer a qualquer clube”, mas prefere não se andar a lamentar, reforçando o esforço em bloquear a transmissão numa equipa com “25 jogadores preparados para o jogo”.

Sporting e Aberdeen defrontam-se na quinta-feira, pelas 20:00, no estádio José Alvalade, em Lisboa, em jogo único da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, com arbitragem do montenegrino Nikola Dabanovic.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 971.677 mortos e mais de 31,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.928 pessoas dos 70.465 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.