O Sporting, com a goleada da jornada ao Gent, e o FC Porto, vitorioso na Turquia num jogo com o Besiktas em que terminou reduzido a nove unidades, estão praticamente apurados para os 16-avos-de-final da Liga Europa.

Em Alvalade, o Sporting, com Liedson regressado à titularidade e a registar dois golos, obteve uma vitória robusta por 5-1 (4-1 ao intervalo) e consolidou a liderança no Grupo C, com nove pontos, mais cinco do que o Lille, que ascendeu ao segundo lugar após um precioso empate (1-1) no terreno do Levski de Sofia.

O FC Porto permanece igualmente invicto no Grupo L da Liga Europa, depois de ter somado mais uma vitória sem contestação na visita ao Besiktas (sem Ricardo Quaresma), o próximo adversário da equipa portuguesa no início da segunda volta da fase de grupos, a 4 de Novembro.

Hulk também marcou dois golos, num jogo em que os "dragões" foram para o intervalo a vencer apenas por 1-0 e sem o defesa Maicon, expulso por cartão vermelho directo aos 43. Minutos antes (31), Fernando viu ser-lhe exibido um cartão amarelo, acabando por ser admoestado com um segundo aos 88, o que provovou a expulsão por acumulação.

No Grupo A, a Juventus, sem vencer, somou o terceiro empate no reduto do Salzburgo, enquanto Manchester City recebeu e desembaraçou-se do Lech por 3-1, mantendo a liderança, com sete pontos.

O Bayern Leverkusen empatou 0-0 com o Aris Salónica e mantém-se no comando do agrupamento B, apesar da péssima campanha na Liga alemã de futebol, em que ocupa o último lugar da classificação.

O Atlético de Madrid - Simão Sabrosa foi titular e capitão - venceu por 3-0 na recepção aos noruegueses do Rosenborg, que, embora sejam os últimos, ainda têm hipóteses de se qualificarem para os 16-avos-de-final, uma vez que a diferença para o primeiro é de apenas dois pontos.

O Grupo D conheceu com a terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa um novo líder, com o Villarreal a vencer o PAOK por 1-0 e a desalojar os gregos da liderança.

O Dínamo de Zagreb também perdeu uma posição (caíu para terceiro), depois do nulo pouco lisonjeiro em casa, com os belgas do Brugge, que somaram o segundo ponto na competição e mantêm-se na última posição.

No Grupo E, o BATE Borisov averbou mais três pontos após a vitória no campo do Sheriff e lidera, com numa vantagem de quatro pontos sobre Dínamo de Kiev, que conseguiu o primeiro triunfo e abandonou o último lugar para se fixar no segundo. Os ucranianos venceram por 2-1 no AZ Alkmaar.

O CSKA (também com vitórias todos os jogos disputados) cimentou o primeiro lugar no Grupo F após vencer por 3-0 em Palermo e beneficiou do empate surpreendente (3-3) do Sparta de Praga com o Lausana, na República Checa.

No Grupo G, o Zenit de São Petersburgo também está na frente com uma vantagem confortável sobre os belgas do Anderlecht, que levou a melhor sobre o AEK (3-0). Na Rússia, o Zenit, com Bruno Alves no banco, venceu por 2-0 o Hadjuk Split, com Danny a marcar o segundo golo, aos 68 minutos.

Estugarda, no Grupo H, e Paris Saint-Germain, no J, mantiveram o primeiro lugar, embora os franceses tenham empatado 1-1 na Alemanha, no reduto do Borussia Dortmund, enquanto no Grupo I, os holandeses do PSV assumiram-se como líderes. 

Por fim, no Grupo K, Nápoles desfrutou das melhores oportunidades de golo na visita do Liverpool, mas os ingleses seguraram o empate (0-0) e a liderança, enquanto o Rapid de Viena somou os primeiros pontos, ao se impôr ao CSKA Sofia, por 2-0.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.