A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) solicitou ao Sevilha a documentação necessária para a participação na Liga Europa, anunciou hoje o clube em comunicado, depois de conhecida a exclusão definitiva do Málaga.

A RFEF iniciou este procedimento «seguindo as diretrizes da UEFA», assinala o Sevilha, nono classificado da liga espanhola, que após a decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) a confirmar a exclusão do Málaga (6.º) decretada pela UEFA, poderá ocupar a vaga em aberto, caso não tenha provimento um recurso interposto pelo Rayo Vallecano, sétimo classificado, mas não licenciado pela UEFA.

Após a decisão do TAS sobre o Málaga, o Betis, sétimo classificado, "herdou" a posição da equipa de Antunes, Duda, Eliseu e Flávio Ferreira e vai disputar o "play-off" de acesso à Liga Europa, a 22 e 29 de agosto, em vez da terceira pré-eliminatória, a 01 e 08 do mesmo mês.

O lugar destinado ao Betis na terceira pré-eliminatória passaria assim para o Rayo Vallecano, mas o clube madrileno não possui Licença UEFA, por não cumprir os requisitos exigidos, passando a vaga para o Sevilha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.