Jorge Jesus nunca escondeu o desejo de vencer a Liga Europa – já o disse algumas vezes em conferência de imprensa – não só pelo prestígio que a conquista deste título trás para o clube, mas também pelos prémios que todos recebem.

Nesse sentido, o jornal O Jogo escreve esta quarta-feira que caso o Sporting conquiste a Liga Europa, o plantel terá direito a um prémio de dois milhões de euros, montante que será depois dividido por jogadores, equipa técnica, pessoal de apoio e dirigentes que estejam ligados à administração da SAD e do futebol profissional.

Este protocolo de prémios definido no início de cada temporada entre a administração da SAD, a equipa técnica e os capitães de equipa – Rui Patrício e William Carvalho – não contempla alguns jogadores com contratos mais elevados, como Bas Dost, nem o treinador Jorge Jesus.

O técnico de 63 anos tem uma cláusula no contrato que lhe dá direito a um prémio de um milhão de euros caso vença a Liga Europa, valor mais proveitoso quando comparado com o montante que o técnico receberia se fosse abrangido pelo protocolo definido com a SAD do emblema de Alvalade.

Os prémios começam a ser entregues desde já caso o Sporting elimine esta quinta-feira o Viktoria Plzen. O plantel receberá cerca de 200 mil euros, valor estabelecido como compensação pelo facto dos ‘leões’ atingirem os quartos-de-final da Liga Europa.

No que toca a conquistas de títulos nacionais, o plantel do Sporting terá direito a cerca de 2,5 milhões de euros caso conquiste a Liga portuguesa – último título remonta a 2002 –, valor que diminui para metade caso o clube termine em segundo lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.