Uma manifestação agendada para a mesma hora da assembleia da SAD do Sporting é o reflexo da agitação que se começa a fazer sentir entre alguns adeptos leoninos, desagradados com o arranque de temporada da equipa e a situação do clube.

Questionado sobre os efeitos deste ambiente nos jogadores, Paulo Sérgio saiu em defesa de José Eduardo Bettencourt. "Estamos habituados a ver isso acontecer ao longo dos anos. Há muita sede de poder, mas isso é em todas as áreas da sociedade. Se isso é demonstração da vitalidade que existe no clube, por outro lado isso não ajuda nada", atirou o treinador do Sporting.

"É uma pessoa empenhadíssima e que sofre com tudo isto. Tem um estilo de gestão que é o seu e ao ser atacado todos os dias não se sentirá feliz. O presidente leva uma linha de seriedade, em que não dá um passo maior do que a perna. Tudo farei para ajudá-lo a viver melhores momentos do que aqueles que tem vivido até aqui", concluiu Paulo Sérgio. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.