“A nossa ideia é que este jogo seja dentro da qualidade que temos apresentado, nomeadamente neste último que fizemos em Liverpool [vitória frente ao Everton por 0-2]. Portanto, a ideia é vencer. Temos a certeza que a partir daí estamos garantidos nos 16 avos-de-final”, afirmou o treinador.

A equipa encarnada recebeu na primeira jornada da competição os bielorrussos e arrecadou uma vitória por 2-0. No entanto, sabe que em terreno alheio é sempre mais difícil, o que se torna ainda mais complicado quando as temperaturas rondam os dois graus.

“É uma equipa com qualidade e não espero facilidades amanhã”, sublinhou o técnico encarnado.

Jorge Jesus admitiu mexidas no onze, já que não pode contar com os centrais Luisão e Sidnei, o primeiro a recuperar de uma intervenção cirúrgica ao apêndice e o segundo a contas com uma mialgia na coxa esquerda contraída no jogo com o Sporting, no último sábado.

Assim, Miguel Vítor fará a sua estreia esta época, ao lado de David Luiz, enquanto Júlio César regressa à baliza encarnada, como já é hábito quando se trata da Liga Europa.

“Será lançado por força das circunstâncias, mas é um jogador inteligente, com garra e qualidade”, referiu Jesus sobre o jovem central, muito pretendido por clubes, nomeadamente ingleses.

O jogo entre o Benfica, líder com nove pontos, e o BATE Borisov, terceiro, com quatro, do Grupo I de apuramento, realiza-se amanhã no Estádio Dinamo, em Minsk, e tem início às 18:00.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.