Nem tudo foram boas notícias para o Sporting no triunfo deste domingo no terreno do Paços de Ferreira, naquele que foi o primeiro jogo dos 'leões' nma edição 2020/21 da I Liga portuguesa, depois de adiado o encontro da jornada inaugural, com o Gil Vicente, em virtude do surto de COVID-19 que afetou os plantéis das duas equipas.

É que Jovane Cabral, autor do primeiro golo do conjunto verde e branco, na conversão de uma grande penalidade, acabou por abandonar o relvado pouco depois, devido a uma lesão muscular. O extremo será reavaliado esta segunda-feira pelo departamento médico do conjunto de Alvalade mas, segundo avança o jornal 'Record, é provável que falhe a partida do playoff da Liga Europa com os austríacos do LASK, agendada já para quinta-feira.

Foi ainda na primeira parte que o atacante de 22 anos sentiu uma picada num músculo, fazendo de imediato sinal para o banco de que não iria poder continuar em jogo. Para o seu lugar entrou, então, o reforço Nuno Santos e, no final da partida de Paços de Ferreira, Emanuel Ferro, adjunto de Rúben Amorim, falou sobre a condição de Jovan. "Ele sentiu que não tinha condições para continuar e saiu, mas ainda não há um diagnóstico completo", afirmou.

Outro jogador que também terminou o encontro com algumas queixas foi o médio Matheus Nunes, mas de acordo com o mesmo jornal o problema não deverá colocar em causa a sua presença em campo ante o LASK.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.