O defesa central Kaká considerou hoje que não há favoritos nas meias-finais da Liga Europa de futebol que o Sporting de Braga vai discutir com o Benfica e cuja primeira mão se realiza no dia 28, em Lisboa.

Os “arsenalistas” não têm qualquer jogo oficial antes do embate com os “encarnados” e os jogadores já só pensam nessa partida para continuar a fazer história no clube bracarense, que pela primeira vez disputa uma meia-final de uma competição europeia.

Para o jogador brasileiro, «não há favoritos» na eliminatória:

«Temos demonstrado isso nas competições europeias, existe sim um respeito pelo Benfica, mas o Benfica também nos respeita e não há favoritos. Queremos fazer um bom jogo na Luz e para isso temos de estar concentrados.»

Segundo Kaká, a equipa «tem tudo para dar continuidade» às campanhas europeia e interna e está «focada» nesses objectivos.

«A equipa vai com a força total para defrontar o Benfica, sem jogadores suspensos por cartões e alguns lesionados creio que vão estar a 100 por cento e à disposição do treinador. Agora, temos que pensar em fazer um bom jogo na Luz para depois, perante os nossos adeptos, podermos fazer mais uma grande partida», analisou.

A menos de um mês de completar 30 anos, Kaká, que chegou a Braga em Janeiro emprestado pelos alemães do Hertha de Berlim, não sabe ainda se vai continuar no clube minhoto na próxima temporada, mas gostaria de permanecer.

«Se dependesse de mim ficava, qualquer jogador quer estar num grande clube e o Braga tem demonstrado para toda a Europa que é um dos grandes, mas não depende só de mim. Tenho contrato com o outro clube e ainda ninguém falou comigo, mas isso também não é o que mais me preocupa neste momento, antes em chegar à final da Liga Europa e em conquistar o terceiro lugar no campeonato», disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.