Inter Milão e Sevilha disputam na sexta-feira, em Colónia, na Alemanha, uma final inédita da Liga Europa de futebol, apesar de serem dois emblemas com um histórico grande na segunda mais importante competição de clubes europeus.

Ainda com a denominação de Taça UEFA, os italianos foram dominantes nos anos 90~, com vitórias em 1990/91, 1993/94 e 1997/98, enquanto os espanhóis já levantaram o troféu por cincos vezes, todas num período mais recente, em 2005/06, 2006/07, 2013/14, 2014/15 e 2015/16.

Apesar de serem dois emblemas com tradição e com presenças assíduas nas competições europeias, Inter e Sevilha nunca se cruzaram em jogos oficiais e vão protagonizar o primeiro duelo em Colónia, na Alemanha, no jogo mais importante da inédita fase final da Liga Europa, que decorreu em solo germânico devido à pandemia da covid-19.

Para chegar à final, os dois clubes foram ‘cruéis’ com o futebol português, com o Sevilha a deixar pelo caminho a Roma, de Paulo Fonseca, nos oitavos de final (2-0), o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, nos ‘quartos’ (1-0), e o Manchester United, do defesa Diogo Dalot e do médio Bruno Fernandes, nas ‘meias’ (2-1).

Por seu lado, o Inter ‘esmagou’ o Shakhtar Donetsk, de Luís Castro, por 5-0, no jogo de acesso à final de Colónia.

Além do troféu, o vencedor da Liga Europa tem ainda o ‘extra’ de garantir o acesso à fase de grupos da ‘Champions’ da próxima temporada, algo que, neste caso, já foi assegurado pelos dois clubes. O Inter foi segundo na Serie A, enquanto o Sevilha foi quarto em Espanha.

A nível de treinadores, António Conte (Inter), de 51 anos, procura o seu primeiro título europeu de clubes, assim como Julen Lopetegui, antigo técnico do FC Porto, agora com 53 anos.

A final vai decorrer no RheinEnergie Stadion e está agendada para as 20:00 (21:00 locais).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.