O treinador do Rio Ave, José Gomes, considerou hoje que há favoritismo dividido na partida desta quinta-feira com os polacos do Jagiellonia Bialystok, da primeira mão da segunda eliminatória de acesso à Liga Europa de futebol.

O técnico dos vila-condenses considerou que esta "é apenas primeira parte da eliminatória", mas garantiu um Rio Ave "que vai querer vencer, e que não estará à espera de resolver as coisas no segundo jogo [em Vila do Conde].

"Diria que é um jogo de 50/50. Este adversário tem a força de ter uma equipa de continuidade, mas não nos podemos escudar atrás dessa realidade e dizer que temos menos possibilidades. Vamos bater-nos cara a cara para tentar vencer", sublinhou o treinador da equipa vila-condense, na conferência de antevisão ao encontro, em Bialystok.

José Gomes disse que as qualidades deste adversário, vice-campeão polaco, foram bem estudadas, frisando o facto de manter uma equipa muito semelhante à da época anterior.

"É uma equipa muito forte nas transições defensivas e ofensivas, que tira partido do seu poderio físico, com jogadores altos, robustos e agressivos na disputa da bola. Assentam o seu jogo pelos corredores, com muita dinâmica, mas estudamos bem o adversário e sabemos o que fazer", analisou José Gomes.

Sobre o facto de o Rio Ave ter operado uma grande remodelação no seu plantel, visível no facto de apenas seis jogadores que viajaram para esta eliminatória na Polónia terem transitado da época anterior, o treinador, que também se estreia no banco da equipa, referiu que o grupo tem assimilado bem as novas ideias.

"Estamos a construir o nosso modelo de jogo, mas muitas coisas estavam já trabalhadas anteriormente. Por isso, o que temos é acrescentado algumas coisas novas em função dos jogadores que temos", afirmou.

O capitão da formação da foz do Ave, Tarantini, que também marcou presença nesta conferência de imprensa de antevisão, reconheceu que a equipa está a assimilar novos processos, considerando que "as mudanças no futebol levam algum tempo".

"Com a mudança de treinador, novas ideias surgiram, mas acredito que o mister tem feito essa mudança com muita inteligência, dando liberdade aos jogadores. Com o tempo as ideias vão solidificar-se", analisou o médio.

Ainda assim, Tarantini garantiu uma "equipa pronta para este jogo", mas com consciência de que as decisões da eliminatória poderão acontecer no segundo desafio, em Vila do Conde.

"Seria bom vencer, mas, sobretudo, marcar golos, para levarmos a eliminatória para nossa casa. Já tivemos essa experiência em anteriores jogos a eliminar", opinou o capitão dos vila-condenses.

O jogo entre Rio Ave e Jagiellonia Bialystok está agendado para as 18:20 locais (19:20 em Lisboa) e terá arbitragem do espanhol Ricardo de Burgos Bengoetxea.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.