Um golo de Paul Pogba no início do segundo tempo bastou para o Manchester United vencer em casa do AC Milan e apurar-se para os quartos de final da Liga Europa. Na primeira-mão estas duas formações empataram a uma bola em Old Trafford.

Na primeira-mão os ‘red devils’, segundos colocados da ‘Premier League’, a 14 pontos do líder e vizinho Manchester City, estiveram em vantagem em Old Trafford, graças a um tento do marfinense Diallo, mas, já nos descontos, o dinamarquês Kjaer empatou o encontro.

Os ‘carrascos’ do Rio Ave no ‘play-off’ foram para o segundo jogo em vantagem na eliminatória, mas tinham de ter cuidado com o United, um dos candidatos a vencer a prova e que não perde há 13 jogos, série iniciada depois do ‘estranho’ 1-2 com o Sheffield United, em 27 de janeiro.

Neste duelo entre portugueses, apenas Bruno Fernandes foi titular. Rafael Leão, lesionado, ficou de fora nos italianos, Diogo Dalot ficou no banco no AC Milan.

Bruno Fernandes abriu as hostilidades logo aos 12 minutos com um remate de longe que saiu por cima da baliza de Donnarumma.

Num jogo de parada e resposta, o Milan foi a equipa que tentou assumir as despesas do jogo. Aos 35 minutos, Viktor Lindeloff fez um corte fundamental a travar um remate de Frank Kessié, aos 35. Aos 40 é Henderson a negar o golo a Saelemaekers, após jogada envolvente entre Kessié e Théo Hernandez.

Ao intervalo Solkjaer trocou Rashford por Pogba e acertou. Aos 48 minutos o francês aproveitou uma série de ressaltos na área para rematar para o 1-0. A formação do United punha-se na frente da eliminatória, o AC Milan tinha de arriscar ainda mais.

Stefano Pioli lançou Diogo Dalot e Ibrahimovic para tentar a dar a volta à eliminatória mas o United continuava melhor no jogo, e o Milan com dificuldades para criar perigo.

Nos minutos finais, o AC Milan pressionou muito, na procura de um golo que atirasse o jogo para prolongamento mas sem sucesso.

O sorteio dos quartos de final e das meias-finais está agendado para sexta-feira, em Nyon.

Ficha de jogo

Onze do AC Milan: Donnarumma; Theo Hernández, Kjaer, Tomori, Kalulu; Meité, Kessié, Krunic; Saelemaekers, Castillejo, Çalhanoglu.

Suplentes do AC Milan: Tatarusanu, Donnarumma, Bennacer, Diogo Dalot, Tonali, Ibrahimovic, Brahim Díaz, Tonin, Gabbia.

Onze do Manchester United: Henderson; Shaw, Maguire, Lindelof, Wan-Bissaka; Fred, Scott McTominay; Daniel James, Bruno Fernandes, Mason Greenwood; Rashford.

Suplentes do Manchester United: De Gea, Grant, Pogba, Diallo, Alex Telles, Matic, Brandon Williams, Van de Beek, Tuanzebe.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.