José Mourinho analisou a vitória da Roma frente à Real Sociedad em partida a contar para a primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa.

Análise: "A Real Sociedad tinha a bola e criava problemas. Vencemos com mérito. Não posso pedir mais. É preciso ter uma mentalidade forte quando não se tem tanta bola. Controlámos o jogo às vezes mesmo sem bola. Todos trabalharam muito do ponto de vista defensivo, até o Dybala. Stephan (El Shaarawy) é um jogador que marca golos, tinha pernas frescas, gasolina, chegou e marcou um golo com uma ação importante que tínhamos preparado", disse o técnico que ainda teve uma tirada curiosa sobre o banco do Bayern na partida frente ao PSG. "Se mudo o Dybala só tínhamos um avançado no banco. Não sou invejoso, mas ontem quando vi o Bayern e faz três mudanças e os jogadores que entram são Mané, Sané e Gnabry, deu-me um bocado de inveja."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.