O treinador do Besiktas afirmou, esta quinta-feira, depois da derrota por 1-3, imposta pelo FC Porto, que a equipa de André Villas-Boas demonstrou o porquê do favoritismo no Grupo L da Liga Europa.

“Foi um FC Porto muito superior e demonstrou que é o favorito do grupo. Eles apresentaram-se muito superiores a nós”, disse o Bernd Schuster, em conferência de imprensa.

O técnico alemão realçou que a formação turca teve momentos que poderiam ter sido mais eficazes.

“O Besiktas jogou bem mas o FC Porto mostrou-se superior”, acrescentou.

Schuster lamentou a ausência de jogadores como Ricardo Quaresma e Guti: “São jogadores que fazem a diferença numa equipa, assim como Hulk faz no FC Porto”.

Para a segunda mão, já daqui a quinze dias, o treinador do Besiktas diz estar “tudo em aberto”, apesar de conhecer as dificuldades.

“Nada está perdido, eu nunca penso assim”, rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.