Paulo Sérgio não nega o momento menos bom do Sporting, mas mantém a confiança numa vitória dos seus jogadores amanhã diante do Levski Sófia, na partida da segunda jornada do Grupo C da Liga Europa.

"Nunca me coloquei em bicos dos pés nos momentos de sucesso e nem meto a cabeça debaixo da areia quando as coisas não correm bem. Ninguém pode apontar nada de negativo em termos de atitude. Esta é uma equipa que tem uma imagem de trabalho. O Sporting tem estado melhor do que os adversários, mas temos cometido erros que nos têm penalizado. Daí as críticas, que também são justas. Mas quando ganharmos amanhã, as críticas vão reverter a nosso favor", afirmou o técnico do Sporting.

Depois de ter empatado na última jornada da Liga com o Nacional e de ter saído de Alvalade sob assobios e alguns lenços brancos, Paulo Sérgio reconheceu que a sua formação já devia estar mais evoluída. "Podíamos estar melhor, não deveríamos cometer certo tipo de erros. Pode ter a ver com concentração. As lesões também não ajudam, porque torna a equipa menos forte, mas isso não é desculpa", frisou o treinador, de 42 anos.

Questionado sobre a eventual titularidade de Hildebrand na baliza leonina, numa perspectiva de rotatividade como a que levou Tiago a ser titular em Lille, o técnico do Sporting negou esse cenário e mantém a aposta em Rui Patrício.

"Vai jogar o Rui, não entendo que seja o momento para rodar na baliza", explicou, abordando ainda a possível titularidade do experiente Maniche e do jovem Diogo Salomão: "Essa é a mistura perfeita numa equipa de futebol. Salomão e Maniche são hipóteses para amanhã." 

O Sporting defronta esta quinta-feira o Levski Sófia, no estádio José Alvalade, às 20h05, para a segunda jornada da Liga Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.