A comitiva do FC Porto partiu esta terça-feira rumo a Moscovo, onde na quinta-feira a equipa de André Villas-Boas defronta o Spartak de Moscovo, no jogo da segunda mão dos quartos de final da Liga Europa.

O FC Porto goleou a equipa russa na primeira-mão (5-1) e tem praticamente garantida a presença nas meias-finais.

Na partida para a capital russa, o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, falou sobre a possibilidade dos dragões atingirem novamente as meias-finais de uma competição europeia mas lembrou que a equipa «não pode facilitar».

«Não podemos facilitar pois o Ajax perdeu em Moscovo por 4-0. Não acho que possamos perder 4-0 em nenhum sítio, mas temos de estar precavidos», disse o líder do FC Porto no Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

A confiança da comitiva azul-e-branca é alta e Pinto da Costa assume que a probabilidade do FC Porto chegar às meias-finais da Liga Europa é elevada.

«Quando se chega às meias-finais, que eu penso que acontecerá connosco, o favoritismo é repartido em 25% por cada um dos semi-finalistas», disse o dirigente portista, lembrando do entanto que o «objectivo prioritário foi o campeonato Nacional desde sempre».

A comitiva do FC Porto deve chegar à Rússia às 18.40 horas locais (menos três em Portugal), e tem treino agendado para amanhã pelas 19 horas locais (16 h em Portugal), sessão antecedida pela conferência de Imprensa de antevisão do jogo com André Villas Boas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.