O treinador do FH Hafnarfjordur, Heimir Gudjónsson, disse hoje que a sua equipa tem apenas 20% de hipóteses de vencer o Sporting de Braga, quinta-feira, e seguir para a fase de grupos da Liga Europa.

"A eliminatória está complicada porque perdemos a primeira mão por 2-1 e, nesse sentido, temos poucas chances. Mas vamos fazer o nosso melhor para fazer um bom jogo, mas vai ser difícil perante uma boa equipa como o Braga", disse na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O treinador islandês considerou que a sua equipa tem apenas 20% de probabilidade de passar à fase de grupos da Liga Europa, deixando elogios à turma de Abel Ferreira e à partida que fez na primeira mão.

"Jogou muito bem, pressionou-nos muito, não nos deu tempo para ter a bola. É uma grande diferença em relação à nossa liga, onde temos mais tempo para ter a bola. Coletivamente, o Braga é uma boa equipa, muito ofensiva e joga um futebol muito atrativo", considerou.

Heimir Gudjónsson lamentou os "erros individuais" no encontro na Islândia, defendendo que a sua equipa "ainda está a aprender" e esperando que "aprenda com os erros e que não os repita amanhã [quinta-feira]".

O médio David Vidarsson disse que os jogadores ainda acreditam na passagem à fase seguinte da competição, mas frisou que têm que fazer "o jogo perfeito".

"Temos fé nas nossas capacidades, mas sabemos que temos poucas chances, temos que ser realistas e saber que não somos os favoritos depois do resultado na Islândia. Sabemos que precisamos não de um milagre, mas de fazer o jogo perfeito para temos algumas possobilidades", afirmou.

Sporting de Braga e FH Hafnarfjordur defrontam-se quinta-feira, às 19:45, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado pelo polaco Pawel Gil.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.