O treinador do Jagiellonia, Ireneusz Mamrot, disse hoje esperar um Rio Ave "muito poderoso" no jogo de quinta-feira, da segunda mão da segunda pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.

Em declarações na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Rio Ave, uma semana depois da vitória por 1-0 há uma semana na Polónia, o treinador polaco não se mostrou convencido de que a ausência do armador de jogo vila-condense Diego Lopes, devido a lesão, pese no jogo da equipa portuguesa.

"A ausência do Diego não deixa a equipa mais fraca. Tenho consciência de que é um jogador muito importante, mas o Rio Ave também jogou sem ele e jogou bem. Amanhã [quinta-feira], continuará a ser uma equipa muito poderosa", disse Ireneusz Mamrot.

O treinador polaco disse estar à espera de "um jogo muito difícil", afirmando saber "quais são os pontos fortes de uma equipa com jogadores muito tecnicistas".

"Viemos para Portugal com a finalidade de passar de eliminatória e vamos lutar por isso", declarou Ireneusz Mamrot.

O defesa Taras Romanczuk também elogiou a "capacidade técnica" da equipa portuguesa, mas minimizou que possam haver "fatores psicológicos" a determinar o jogo de quinta-feira, entre eles a provocada pelas altas temperaturas que se fazem sentir.

"Não nos podemos desconcentrar com isso, porque na Polónia o clima está mais quente do que aqui", sublinhou o jogador.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.