A Comissão Disciplinar da UEFA deu como provado que Nilmar e Cazorla, jogadores do Villarreal, forçaram um cartão amarelo no jogo da primeira-mão dos quartos de final da Liga Europa, frente ao Twente, de forma a limpar o registo disciplinar para as meias-finais. Os jogadores estavam em risco de serem suspensos por um jogo, à imagem do que sucedeu com Xabi Alonso e Sérgio Ramos do Real Madrid, mas o organismo disciplinar decidiu apenas multar os jogadores e o clube.

Uma multa de 20 mil euros a Nilmar e Cazorla, e o Villarreal a ter de pagar 60 mil euros pela conduta anti-desportiva dos seus jogadores. Foi assim que a Comissão Disciplinar da UEFA decidiu resolver o caso dos jogadores do Villarreal que forçaram cartões amarelos para limparem o registo disciplinar.

Os jogadores ficam assim aptos para defrontar o FC Porto na primeira mão das meias-finais da Liga Europa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.