O Rio Ave tentava sair vivo na República Checa ao deslocar-se ao terreno do Sparta de Praga em partida da 3ª pré-eliminatória da Liga Europa.

E foram os donos da casa os primeiros a criar perigo, num remate de Van Kessel. Valeu o corte de Rafa Soares a evitar o pior com um corte 'in extremis'.

Respondeu a equipa vilacondense aos 18 minutos, num pontapé de João Novais a que valeu a intervenção do guardião Pavlenka. Aliás durante o primeiro tempo, o guarda-redes da equipa da casa teve um par de defesas importantes que evitaram que o Rio Ave fosse para o intervalo a vencer.

Ainda assim foi o Sparta o único a colocar a bola dentro da baliza durante o primeiro tempo, por intermédio de Skoda num vistoso pontapé de bicicleta, mas o lance foi anulado por fora de jogo.

O Rio Ave foi assim para o intervalo a merecer a vantagem.

A mesma toada manteve-se no início da segunda parte com a equipa de Nuno Capucho a criar perigo logo a abrir. Outra vez por João Novais num remate rasteiro, mas Pavlenka disse presente.

Contudo, o Slavia equilibrou e soltou-se da pressão imposta pela equipa portuguesa. Soucek deu o primeiro sinal de perigo com um pontapé por cima.

Pouco depois, Gil Dias esteve muito perto do primeiro, com o 31 do Rio Ave a aparecer na área, mas a atirar muito por cima.

Skoda e João Novais foram dois homens em foco nas respetivas equipas.. 1º o jogador português voltou a criar problemas a Pavlkenka, pouco depois o 21 dos checos cabeceou, mas de forma desviada.

Aos 71 minutos, o atacante checo, sempre uma seta apontada à baliza do Rio Ave podia ter feito o primeiro golo, num remate de cabeça, valeu a intervenção de Cássio.

A três minutos do fim, Marcelo quase borrou a pintura num mau atraso ao guarda-redes, mas Cássio conseguiu chegar primeiro à bola.

Partida nitidamente com ritmo de pré-época, apesar de se tratar de um jogo a sério. O encontro foi quase sempre pautado por um ritmo baixo e pouca dinâmica.

O Rio Ave arranca um resultado positivo frente ao Slavia e tem assim a partida da segunda-mão em Vila do Conde para tentar levar de vencida a eliminatória.

Onze inicial do Rio Ave: Cássio; Nadjack, Marcelo, Roderick e Rafa Soares; Wakaso, João Novais, Krovinovic e Rúben Ribeiro; Yazalde e Gil Dias.

Onze inicial do Slavia Praga: Pavlenka; Mikula, Bílek, Deli e Boril; Soucek, van Kessel e Husbauer; Kenia, Mihalík e Skoda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.