O extremo Wilson Eduardo disse esta segunda-feira esperar um jogo difícil na quinta-feira, mas frisou que o Sporting de Braga pode ganhar ao Shakthar Donestk e passar à fase seguinte da Liga Europa de futebol.

Os minhotos são segundos classificados do grupo H, com seis pontos, mais um do que os belgas do Gent (que jogam na última ronda na Turquia, diante do Konyaspor), enquanto os ucranianos, orientados pelo ex-técnico do Braga Paulo Fonseca, são líderes, com 15, pelo que já têm garantida a passagem aos oitavos de final da prova.

O jogador, de 26 anos, espera um "jogo complicado", mas considera que não existe uma pressão acrescida por esse ser um objetivo assumido pelo clube no início da temporada.

"Claro que não, o Braga está habituado a estas andanças, já há muitos anos que se tem qualificado sempre para a Liga dos Campeões e Liga Europa, mesmo para as fases seguintes, e este ano não foge à regra. Foi um objetivo que temos desde o início da época e estamos dentro dele", disse, à margem de uma visita de uma delegação do clube ao Centro de Solidariedade do Espírito Santo, em Braga.

O Sporting de Braga vem de uma derrota com o FC Porto, no Estádio do Dragão, com o único golo da partida a ser consentido apenas aos 90+5 minutos, mas o extremo recusa marcas desse desaire e garante total concentração no jogo ‘europeu'.

"Claro que perder nesse minuto é mau, mas o jogo já passou e a equipa já se mentalizou no jogo de quinta-feira, que é importante para nós e estamos a trabalhar para conseguirmos a vitória e o apuramento", disse.

O facto de Paulo Fonseca ter treinado os ‘arsenalistas' na última época e "conhecer a equipa e praticamente todos os jogadores" do Braga "não é uma desvantagem", considerou.

"O treinador é novo [José Peseiro], as ideias são outras e o ‘onze' que o técnico escolher vai responder da melhor maneira", disse.

Os ucranianos contam por vitórias os jogos realizados na Liga Europa e já estão apurados, mas Wilson Eduardo não espera facilidades por isso, tendo ainda lembrado as palavras de Paulo Fonseca, que disse querer acabar o grupo só com vitórias.

"Isso ficou demonstrado no último jogo em que, mesmo não jogado o ‘onze' base, os que entraram quiseram demonstrar o seu valor, têm uma grande equipa. Não é por estarem apurados que vão facilitar, temos que fazer o nosso trabalho, sabendo que vai ser um jogo complicado, mas está dentro das nossas hipóteses ganhar ao Shakthar", reforçou.

Wilson Eduardo, que conta já com seis golos esta época e é dos jogadores com mais assistências no campeonato, admitiu estar a atravessar o seu melhor momento na carreira.

"Sim, estou bem, tenho correspondido à aposta do treinador e penso que, pelo menos no Sporting de Braga, este é o meu melhor momento. Espero manter-me assim e, no próximo jogo, consiga ajudar a equipa a ganhar o acesso à próxima fase", afirmou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.