O jornal 'L' Equipe' avança esta terça-feira que poderá haver uma crise no Paris Saint-Germain devido a divergências entre técnico e os responsáveis pelo futebol dos campeões franceses.

Escreve o jornal que há, neste momento, um 'braço de ferro' entre o treinador Thomas Tuchel e o diretor de futebol, Antero Henrique, no que toca a transferências: "O facto de o diretor desportivo estar a participar na maioria das negociações quanto a renovações [(Buffon, Daniel Alves...] e de se ter encontrado com vários empresários nas últimas semanas, pressupõe que está a preparar o mercado de verão", escreve o 'L'Équipe'.

De acordo com o mesmo jornal, Tuchel quer ter uma palavra a dizer nas contratações de jogadores para a próxima época, algo que tem vindo a ser preparado por Antero Henrique. Com o título, 'Tuchel quer poder', o jornal escreve que o técnico alemão quer alargar a sua esfera de influência no clube e ter um papel semelhante aos 'managers' ingleses, que na Premier League são responsáveis por tudo no futebol sénior dos clubes.

Depois da eliminação dos parisienses nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, o técnico deu o primeiro 'muro na mesa', ao reclamar mais jogadores, num plantel já de si curto.

"Precisamos de jogadores fiáveis. Não é possível andar a jogar com apenas 12-13 jogadores", avisou.

O 'L´Equipe' escreve que o treinador alemão quer continuar mas tem o seu lugar em risco, uma vez que parece cada vez mais isolado.

A goleada sofrida pelo PSG (1-5) este fim-de-semana frente ao Lille, num jogo onde um empate bastava para sagrar-se campeão, não caiu bem nos dirigentes parisienses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.