O internacional brasileiro Fabinho afirmou esta quarta-feira que pretende sair do Mónaco no final da presente temporada, mas garantiu também que não pensa sair do plantel monegasco na reabertura do mercado de janeiro.

O médio de 24 anos tem sido apontado a vários emblemas europeus depois do seu contributo na conquista do título francês ao serviço do Mónaco e da caminhada da equipa de Leonardo Jardim na última edição da Liga dos Campeões.

Fabinho esteve perto de rumar ao Atlético de Madrid no final da temporada passada, mas a impossibilidade dos 'colchoneros' em inscrever jogadores acabou por condicionar o processo.

"Ao que tudo indica esta será a minha última época no Mónaco. Não há nada assinado. Durante a janela de transferências e mesmo um mês após o seu fecho foi um período difícil para mim. Mas agora já não penso nisso pois já virei a página", começou por dizer Fabinho sobre o retrocesso na sua transferência para o Atlético Madrid.

"Sair já em janeiro? Não penso que vá acontecer. Não tive qualquer tipo de contacto com outros clubes e estou seguro no Mónaco", acrescentou Fabinho citado pela AFP.

Fabinho renovou contrato com o Mónaco até 2021 no ano passado, mas deu a entender que uma possível mudança para o Atlético Madrid ainda poderia acontecer em junho.

"Sim, (o Atlético de Madrid) é uma possibilidade, mas ninguém deles falou entretanto comigo ou com o meu empresário. Tenho agora é de demonstrar que ainda estou ao mesmo nível da época passada para jogar em equipas como essa. Eu sei que não tenho sido o Fabinho da última época e é difícil para mim explicar a razão disso", sentenciou Fabinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.