O Marselha, treinado pelo português André Villas-Boas, empatou hoje 1-1 na receção ao Reims, em jogo da 16.ª jornada da Liga francesa de futebol, somando o segundo encontro consecutivo sem vencer.

Um autogolo de Nagatomo, aos 21 minutos, deixou os marselheses em desvantagem no marcador, conseguindo apenas chegar ao empate por Thauvin, aos 45, e podendo ver os primeiros classificados escaparem-se, depois de já ter perdido com o Rennes, na ronda anterior (2-1).

Com 28 pontos em 14 jogos efetuados (menos um encontro do que os três primeiros), o Marselha é quarto colocado, a dois pontos do Lyon, que é terceiro e ainda joga hoje em casa do Nice, a três do campeão em título Paris Saint-Germain, segundo, e a quatro do líder Lille.

Perante o ‘aflito’ Reims, que é 16.º, o argentino Benedetto obrigou o guarda-redes sérvio Rajkovic a várias defesas, uma delas aos 10 minutos, após um livre de Payet.

Aos 21, o médio francês perdeu a bola, e o contra-ataque do Reims só parou no fundo da baliza marselhesa, por intermédio de um autogolo do japonês Nagatomo, uma das duas novidades no ‘onze’ em relação ao último encontro.

Depois de várias tentativas defendidas por Rajkovic, Benedetto assistiu, de cabeça, o golo da igualdade, marcado por Thauvin em cima do intervalo, com o resultado a não se alterar no segundo tempo, apesar de várias mexidas do técnico luso e de mais de 10 remates efetuados, contra apenas dois dos forasteiros.

Antes, o Metz subiu provisoriamente ao oitavo lugar da ‘Ligue 1’, ao triunfar em casa por 2-0 ante o Lens, que é sétimo com 24 pontos, mais um do que os adversários de hoje.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.