O Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, conquistou hoje a segunda vitória seguida na liga francesa de futebol, ao bater em casa o Amiens por 3-0, em jogo da 17.ª jornada da prova.

Depois de uma primeira parte sem golos, os monegascos resolveram o encontro em apenas sete minutos na etapa complementar, com golos de Ben Yedder, aos 62, Guillermo Maripan, aos 66, e Keita Baldé, aos 69.

A formação liderada por Leonardo Jardim, que contou com os portugueses Gil Dias e Gelson Martins de início, e com Adrien no último quarto de hora, subiu ao nono lugar da ‘Ligue 1’, com 24 pontos, a apenas quatro do terceiro lugar, que dá acesso à Liga dos Campeões e é ocupado pelo Lille.

A Liga francesa continua a ser liderada pelo bicampeão Paris Saint-Germain, que hoje deu a volta ao resultado em Montpellier e venceu por 3-1, também com três tentos apontados em sete minutos.

Os parisienses viram-se em desvantagem a partir dos 41 minutos, por culpa de um autogolo do médio argentino Leandro Paredes, mas operaram a reviravolta no segundo tempo, por intermédio do brasileiro Neymar, aos 74, Kylian Mbappé, aos 76, e do argentino Mauro Icardi, aos 81.

O encontro no Stade de la Mosson chegou a estar interrompido durante alguns minutos na fase final, depois de o guarda-redes do PSG Keylor Navas ter sido atingido na cabeça por uma garrafa de plástico arremessada por adeptos da equipa da casa.

O central português Pedro Mendes foi titular no Montpellier e acabou por ser expulso aos 72 minutos, no lance do qual resultou o primeiro golo do PSG, que segue isolado na liderança, com 39 pontos, mais oito do que o Marselha, comandado pelo português André Villas-Boas e que no domingo recebe o Bordéus, treinado por Paulo Sousa.

No quarto lugar está agora o Rennes, que venceu por 2-1 na receção ao Angers, numa partida na qual o antigo jogador do Sporting Raphinha assistiu Mbaye Niang para os dois golos dos anfitriões, antes de Rachid Alioui reduzir para os visitantes, em tempo de compensação.

Nos outros dois jogos do dia, imperou a ‘lei do mais forte’, com Nice e Estrasburgo a superarem os ‘aflitos’ Metz (18.º colocado) e Toulouse (20.º e último), por 4-1 e 4-2, respetivamente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.