Está instalada a polémica em França. Neymar deveria ter integrado os trabalhos de pré-temporada do Paris Saint-Germain esta segunda-feira, mas não apareceu e deverá ser castigado pelo campeão francês.

Numa nota partilhada nas redes sociais, o PSG anunciou que Neymar falhou a data estipulada para integrar os trabalhos de pré-temporada sob as ordens de Thomas Tuchel, sublinhando que a ausência do avançado ocorreu "sem autorização prévia do clube".

"Nesta segunda-feira, 8 de julho, Neymar da Silva Santos Junior foi convocado para voltar aos trabalhos do grupo profissional do Paris Saint-Germain. O Paris Saint-Germain constatou que o jogador Neymar Jr não apareceu na hora e no local combinados, sem ter sido previamente autorizado pelo clube. O Paris Saint-Germain lamenta esta situação e tomará as medidas apropriadas resultantes dela", pode ler-se no comunicado, o que pressupõe que o brasileiro deverá ser castigado.

Este é mais um episódio na 'novela Neymar' que tem marcado este mercado de transferências. O brasileiro, que ontem esteve no Rio de Janeiro a assistir à final da Copa América, tem sido associado a um possível regresso ao Barcelona, de onde saiu para o PSG em 2017.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.