Sem clube desde o último verão, altura em que deixou o comando técnico do Arsenal, Arsène Wenger poderá abraçar em breve um novo projeto no futebol, mas não enquanto treinador.

De acordo com o portal Paris United, o treinador francês foi sondado pelo PSG para assumir um cargo na estrutura do clube, tendo, inclusive, reunido com o dono dos parisienses, o xeique Tamim bin Hamad al-Thani, para discutir os termos de um eventual contrato

Segundo a mesma publicação, um dos principais entraves à chegada de Wenger é Antero Henrique, diretor desportivo do PSG. O francês terá mesmo afirmado que só aceitará a proposta caso o ex-administrador da SAD do FC Porto seja demitido, uma vez que receia que a convivência entre ambos se torne conflituosa.

Wenger, de resto, tem outros clubes atentos à sua situação, nomeadamente AC Milan, Real Madrid, e Bayern Munique.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.