O Paris Saint-Germain despediu-se hoje do defesa internacional brasileiro Thiago Silva, uma “lenda” que representou os parisienses durante oitos anos e que “perdurará para sempre” no campeão francês de futebol.

Nasser Al-Khelaïfi, presidente do PSG, deixou palavras muito elogiosas ao experiente defesa central, de 35 anos, que, segundo alguns meios de comunicação, pode estar a caminho dos ingleses do Chelsea.

"Thiago, obrigado por estes oito anos memoráveis, cheios de memórias duradouras e pelo teu envolvimento e devoção. Tu serás para sempre um dos maiores jogadores da história e o teu ‘status’ lendário aqui no Paris Saint-Germain perdurará para sempre", disse o dirigente, citado em comunicado do clube.

Também Thiago Silva, que realizou o último encontro com a camisola do PSG na final da Liga dos Campeões 2019/20, perdida (1-0) para Bayern Munique, em Lisboa, despediu-se da cidade de Paris e do campeão gaulês, pelo qual conquistou sete Ligas, cinco Taças, seis Taças da Liga e cinco Supertaças.

“Hoje termina um ciclo. Depois de oito anos no PSG, eu gostaria de agradecer aos meus colegas de equipa, a toda a equipa técnica e direção, aos adeptos, à minha família, a Deus e aos meus amigos, por todos estes felizes anos que vivemos na Cidade Luz, escreveu o central brasileiro, na quarta-feira, na rede social Instagram.

Com o emblema do PSG ao peito, Thiago Silva realizou 315 partidas, 293 como capitão, e está, agora, muito perto de rumar à Premier League, para representar os ‘blues’ nas próximas duas épocas, segundo avançam a Sky Sports e o The Daily Mirror.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.