Quique Flores, que já passou pelo Benfica, está há um ano e meio no comando do Al-Ahly, dos Emirados Árabes Unidos, e o jornal catalão "Sport" coloca o espanhol no rota do comando técnico do Mónaco para suceder a Claudio Ranieri na próxima temporada.
O treinador italiano conseguiu levar de novo o Mónaco ao principal escalão do futebol francês mas o magnata Dimitry Ryboloviev, dono do clube, anda a sondar outros técnicos.
José Mourinho e Laurent Blanc eram as primeiras opções mas ambos recusaram, surgindo assim o nome de Quique Flores, assim como o de Roberto Mancini, que foi despedido, esta segunda-feira, do Manchester City.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.