Sérgio Conceição já demonstrou que não está para brincadeiras em França. O agora treinador do Nantes, conhecido pelo seu comportamento intempestivo, reagiu com irritação a uma notícia publicada num jornal local, que alegou que o técnico não cumprimenta alguns funcionários do clube.

"Não compreendo certas coisas. Sou funcionário do Nantes, recebo salário do Nantes e vou defender o clube 'até à morte'. Não vou fazer m... aqui", disse Sérgio Conceição em conferência de imprensa.

"Vejo que há aqui coisas que não vão bem aqui. Não percebo que após dez dias, em que entro às 8 horas e saio às 20 horas, por vezes, que haja um jornal que garanta que eu não digo bom dia a algumas pessoas, salientou, visivelmente irritado.

De seguida, o técnico recordou as suas origens humildes. "Nasci numa pequena localidad, sem muito dinheiro. Tive muitas dificuldades mas os meus pais deram-me princípios básicos, como respeito pelos outros. É impossível eu chegar aqui e não dizer bons dias a alguém", assegurou.

"Se há alguém que meteu isso no jornal é porque não está feliz aqui. Então que se vá. Se alguém tem dúvidas sobre o meu trabalho, que me ligue", atirou ainda.

Veja o vídeo (em francês):

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.