Há um quinto jogador do plantel do Marselha acusou positivo a COVID-19, depois de Amavi, Rongier, Lopez e Mandanda. A 'RMC Sport' avançou a informação de que se trata de Dimitri Payet, uma das principais figuras do plantel às ordens do português André Villas-Boas.

Este foco de infeção no vice-campeão francês de 2019/20 motivou a Liga francesa a adiar o jogo entre Marselha e St. Étienne, que devia ter lugar esta sexta-feira e marcar a abertura da edição 2020/21. O encontro foi adiado para o dia 17 de setembro.

Villas-Boas tem, assim, vindo a orientar os trabalhos da sua equipa de forma condicionada, com os jogadores separados por dois grupos e a treinarem em horários diferentes, estando os atletas infetados a cumprir quarentena. O embate da segunda jornada do Marselha, uma visita ao Brest, a 30 de agosto, ñão viu contudo a data alterada.

A Ligue 1 irá, desta forma, abrir com um Bordéus-Nantes, que estava originalmente agendado para sábado mas foi antecipado para esta sexta-feira, para que fosse cumprido o calendário determinado à partida para o arranque da competição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.