A Liga Profissional de Futebol (LFP) recuperou os direitos de transmissão dos jogos da primeira e segunda divisão do campeonato francês, depois de um tribunal de Paris ter validado o acordo com a Mediapro.

A empresa de telecomunicações catalã, mas de capital chinês, tinha comprado os direitos televisivos da Ligue 1 e da Ligue 2 por 800 milhões de euros, mas desde outubro que não conseguiu cumprir os prazos de pagamento.

Inicialmente, a Mediapro tentou renegociar o contrato, mas a LFP rejeitou essa situação, tendo ambos avançado para a desistência do negócio, tendo sido criado um memorando de entendimento, que visava a recuperação dos direitos de transmissão por parte do organismo que rege as provas, assim como uma indemnização no total de 100 milhões de euros.

Hoje, o tribunal comercial de Nanterre, nos arredores de Paris, validou esse acordo, com a primeira tranche da indemnização, de 64 milhões de euros, a ser distribuída pelos clubes dos dois primeiros escalões. Os restantes 36 ME serão pagos no primeiro semestre de 2021.

Em comunicado, a Mediapro explicou que vai continuar a transmitir os jogos da Ligue 1 e Ligue 2 na sua emissora, a Telefoto, até que os direitos sejam transferidos para outra empresa.

O Canal +, dona da beIN Sports, canal só de desporto, aparece como favorita a comprar os direitos televisivos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.