Thomas Tuchel juntou a sua voz aos críticos do calendário futebolístico europeu desta época. Devido ao facto de a maior parte das Ligas ter terminado muito tarde, assim como as provas da UEFA, as principais ligas começaram também tarde, assim como a Liga dos Campeões e Liga Europa mas houve menos tempo de descanso. Há ainda os jogos das seleções e pouco tempo para treinar. Os futebolistas têm sido sujeitos a uma carga forte de jogos e isso poderá ser fatal esta época.

"Vamos matar os jogadores porque não há períodos para descansar. Os melhores jogadores nunca param no clube e nas seleções! Não há como os treinar e, por isso, estão mais expostos a lesões e são mais difíceis de gerir", lamentou o técnico alemão do PSG, a respeito da lesão muscular sofrida por Neymar na Champions. O craque brasileiro vai parar durante um mês.

Na quinta-feira, Jurgen Klopp, treinador do Liverpool, tinha deixado fortes críticas ao calendário, principalmente ao agendamento dos jogos da Premier League em relação aos da Liga dos Campeões.

"Talvez seja eu o idiota. O diretor executivo da Premier League, Richard Masters, e todos os outros já disseram: ‘Vá lá, é assim que as coisas funcionam’. Nem se preocupam com as equipas, não percebo porquê", indagou o técnico.

Antes, tinha sido Pep Guardiola a criticar o excesso de jogos em tão curto espaço de tempo que os clubes estão a ser obrigados a jogar nestas últimas semanas.

"É demais! Com o estado mental em que estão, alguns jogadores não conseguem aguentar. Não é difícil entendê-lo. Houve uma paragem na época passada, voltámos e depois só tivemos duas semanas de férias. Eu tento exigir o máximo aos meus jogadores, mas há limites para os seres humanos", sublinhou o técnico espanhol do Manchester City depois do empate com o West Ham.

"Para quem só está numa competição, está bem, não há problema. Mas jogar a cada três dias, depois os jogadores vão para as seleções jogar três jogos e não dois como antes, depois voltam e jogam na Liga, na Liga dos Campeões, Liga, Liga dos Campeões, Liga, Taça da Liga…", lamentou Guardiola.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.