Marco Verratti decidiu quebrar o silêncio quanto ao seu futuro. Em declarações ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport' o médio do PSG admite renovar contrato com os parisienses, mas com a condição de o novo diretor desportivo do clube, o português Antero Henrique, "cumprir as suas promessas".

"Não tenho de sair a todo o custo. Quero ver se desta vez vão contratar jogadores campeões. Nesse caso, teria todo o gosto em ficar. Todos os anos dizem que vão formar uma grande equipa e todos os anos vemos os resultados. As promessas já não são suficientes", começou por explicar Verratti.

"Se Antero Henrique cumprir as suas [promessas], então terei todo o gosto em ficar. Ninguém me obriga a sair", disse.

Recorde-se que o médio italiano foi acusado de forçar uma transferência para o Barcelona.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.