As saídas de James Rodriguez e Falcao deixaram o Mónaco, de Leonardo Jardim, mais frágil, mas o vice-presidente Vadim Vasilyev garante que o projeto continua de pé no emblema monegasco.

"Sinto muito, pelos nossos adeptos, a saída de Radamel Falcao. A partir do momento em que o jogador expressou a vontade de se transferir para o Manchester United, não fazia sentido impedir a sua saída", declarou o dirigente.

Longe das aquisições milionárias do ano passado, o Mónaco sob a orientação de Leonardo Jardim terá de fazer mais com menos. "O nosso projeto não acabou. Vamos continuar a evoluir para fazer a melhor época possível. Tenho a certeza de que vamos ter resultados esta temporada", afirmou Vasilyev ao site do Mónaco.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.