Jogo entre «canarinhos» e «tricolores» tem lugar no sábado e os anfitriões querem redimir-se da derrota da primeira volta.

O Costa do Sol recebe este sábado o Maxaquene no jogo que marca a abertura da 14ª jornada do Moçambola 2013. É um grande encontro, propício para saciar a fome dos adeptos do futebol moçambicano que estão há mais de dois meses sem ver a bola rolar na mais importante prova futebolística do país.

A partida terá lugar no relvado sintético dos «canarinhos» que pretendem redimir-se da derrota infligida pelos campeões nacionais, no jogo da primeira volta, que marcou a abertura do Moçambola 2013.

É por isso que os comandados do português Diamantino Miranda prepararam a receção a um dos líderes da prova com maior acuidade, por forma a redimirem-se do desaire registado na altura.

No entanto, o Costa do Sol vai receber o seu adversário com três baixas, nomeadamente o guarda-redes Gervásio, e os médios Manuelito I e Alvarito, todos eles lesionados ao serviço da seleção, estando quase que fora de hipóteses de alinhar no sábado.

«Vamos procurar estar no nosso melhor apesar das baixas e da longa paragem que tivemos devido aos trabalhos da seleção, o que leva-me a dizer que a nossa exibição é uma incógnita, visto que não temos a dimensão real do estágio dos jogadores», considerou Diamantino Miranda, perspetivando a receção ao Maxaquene.

Quem também está com dúvidas em relação a forma como a sua equipa irá apresentar-se em campo é Arnaldo Salvado, treinador do Maxaquene, que mostrou-se muito crítico em relação à paragem do Moçambola 2013.

«Esta paragem foi ridícula e revela a falta de organização por parte de quem gere o futebol moçambicano» disse Salvado, afirmando que torna-se difícil prever quem poderá sair vitorioso no sábado, visto que «todos clubes estarão a partir do zero, após longos meses sem competição».

O Maxaquene tem quase todo plantel à disposição do seu treinador, com a única dúvida a ser o central Calima que também regressou lesionado da seleção nacional de futebol.

Os atuais campeões nacionais entram para esta partida ocupando a topo da tabela classificativa, nomeadamente terceira posição com 24 pontos, enquanto o Costa do Sol encetou uma recuperação na tabela classificativa, tendo terminado a primeira volta na sétima posição.

O jogo será arbitrado por José Maria Rachide, da Associação Provincial de Gaza, que será auxiliado por Ivo Francisco Muiambo e Olivio A. Saimone.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.