O Ferroviário de Maputo, candidato ao título no campeonato moçambicano de futebol, anunciou hoje o despedimento de Lucas Bararrijo do comando técnico da equipa e do adjunto Carlos Baúte, e a sua substituição por Carlos Manuel.

Em comunicado que divulgou na sua página da Internet, a direção do clube ‘locomotiva’ não indica as razões do afastamento de Bararrijo.

No sábado passado, o Ferroviário de Maputo perdeu contra a Liga Desportiva de Maputo, por 1-0, ocupando o sexto lugar, com 32 pontos, menos 17 do que o líder do ‘Moçambola’, a HCB de Congo, que soma 49 pontos, a sete jornadas do fim da prova.

Lucas Bararrijo e Carlos Baúte deixam os ‘locomotivas’ de Maputo, seis meses após assumirem o comando técnico da equipa.

A indicação de Carlos Manuel ‘Caló’ para o lugar de Lucas Bararrijo marca o regresso do técnico que levou o Ferroviário de Maputo ao título de campeão nacional na época de 2015, tendo sido despedido no ano seguinte por mais resultados.

O Ferroviário de Maputo é um ‘histórico’ do futebol moçambicano, com vários títulos de campeão e na Taça de Moçambique, além de por diversas vezes ter representado o país nas competições africanas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.