A turma da Hidroeléctrica de Cahora Bassa vai receber este domingo ao Têxtil do Púnguè com o objetivo de não se distanciar do topo da classificação do Moçambola 2013. Em partida da 17ª jornada, a equipa do Songo recebe o seu oponente com a vitória no horizonte, de modo a não perder o comboio das equipas que seguem no topo da tabela classificativa.

O HCB do Songo soma actualmente 25 pontos, menos seis que o líder, Clube de Chibuto, com quem empatou a zero na 16ª jornada do Moçambola, enquanto o Têxtil do Púnguè procura sair da posição incómoda, 13º lugar, e vem de um empate caseiro diante do Matchedje.

É uma partida em que o HCB do Songo é claramente favorito à conquista dos três pontos, pelo que espera-se que a equipa treinada pelo zambiano Nyerenda continua as suas boas exibições na prova.

O jogo será dirigido por Luís Jumisse, auxiliado por Joaquim Merinho e Baltazar Nhacume, enquanto o quarto árbitro será César Colar.

Em Nampula, haverá um duelo envolvendo duas equipas locais, nomeadamente o Desportivo de Nacala e o Ferroviário de Nampula, partida que deverá arrastar milhares de adeptos ao Estádio 25 de Junho, tendo em conta que os nacalenses ainda não concluíram as obras no seu recinto de jogos.

O Ferroviário de Nampula vai iniciar uma série de cinco jogos consecutivos, com partidas às quartas-feiras e domingos, devido aos jogos da seleção moçambicana de futebol, visto que os seus adversários das jornadas anteriores tinham mais de dois jogadores nos Mambas.

O duelo nampulense será dirigido por Estêvão Matshinhe, auxiliado por João Paulo Nhatuve e Alberto Miambo será o segundo assistente e o quarto árbitro será Inácio Sitoe.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.