O Maxaquene recebeu e derrotou no Estádio Nacional do Zimpeto, o HCB de Songo num jogo em que estava em causa a liderança do Moçambola 2013. Os «tricolores» apesar de estarem  abraços com lesões, conseguiram afastar a turma da hidroeléctrica da liderança, pois a vitória por 2-1 permitiu que passassem a somar 15 pontos, mais um que a turma do Songo.

Num jogo bastante equilibrado, as duas equipas estiveram à altura da exigência do público. Emborra tivesse sido o HCB de Songo a aparecer mais vezes no ataque, a equipa do Maxaquene apostava e sair em contra-ataques rápidos aproveitando a distração dos defesas para fazer perigo na baliza contrária.

O primeiro golo surgiu aos 26 minutos, quando o HCB num conrta ataque rápido surgi um cruzamento para a entrada da área, Jacob no interior da área remata com o pé esquerdo para a baliza de Acácio fazendo o 1-0.

Vinte minutos depois, quando a formação forasteira estava convecida para ir ao intervalo com com vantagem mínima, o Maxaquene surpreende. Betinho no interior da área recebe cruzamento dum companheiro e chuta para  a igalidade.

No reatamento da partida, o Maxaquene imprimiu mais dinámica ofensiva, saia em contra-ataques apostando em jogadas de profundidade. Assim, aos 73 minutos, Betinho ganha a bola na asa direita, deixa dois adversários, faz centro cruzado para Chikwete no interior da área a atirar para 2-1, satisfação para os Maxacas.

Os minutos seguintes foram de pressão do HCB sobre o Maxaquene uma vez que a equipa da casa jogava na sua curtina defensiva para assegurar a vitória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.