“O Cristiano Ronaldo é um desses jogadores que é quase impossível parar e vai ser, sem dúvida, um dos grandes no Mundial. Isso faz com que Portugal tenha algumas hipóteses de vencer”, disse o ex-jogador na página oficial dos prémios Laureus.

Bobby Charlton, que é também uma figura de referência do Manchester United, defendeu ainda o actual seleccionador inglês, o italiano Fábio Cappelo.
“Creio que é um treinador de primeiro nível e alguém capaz de unir todos os jogadores. Foi isso que fez Alf Ramsey em 1966 em Inglaterra e conseguimos ganhar o Mundial”, acrescentou o "Bola de Ouro" dessa edição.

Outro a merecer os elogios de Bobby Charlton foi o avançado Wayne Rooney: “Gosta de futebol desde sempre. Se perde, não se pode falar com ele, mas se ganha é feliz”.

Para Bobby Charlton, também ele ex-jogador dos “red devils”, um dos grandes trunfos do clube é, no entanto, Alex Ferguson, um treinador capaz de tomar decisões e que “jamais sente o medo ou a pressão”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.